Busca orgânica – Consiga uma boa posição no ranking de pesquisa no google

 Em Marketing, Tecnologia

12_10 II

Aparecer nas primeiras páginas de resultados Google é uma maravilha para gerar tráfego para o seu site e melhor ainda com a busca orgânica. Atualmente, cerca de 80% dos compradores fazem uma busca pelo Google antes de comprar. Você provavelmente está entre eles, não é mesmo? As pesquisas vão desde informações sobre o produto, pesquisas de novos fornecedores até comparações de preços.

Apenas no período de uma hora, cerca de 625 mil buscas relacionadas ao turismo são feitas no Google, e de todas as buscas feitas no Google, cerca de 90% não vai além da segunda página dos resultados.

Foi pensando nisso que montamos para você uma lista com os principais fatores que levam você a conseguir uma boa posição nos resultados das pesquisas Google. Confira!

Vamos pelo começo

Hoje em dia, se a sua empresa não existe para o Google, ela não existe para ninguém.

“Mas minha empresa tem um website! Como o Google não o percebe?”

Primeiro vamos entender um pouco sobre no que o Google se baseia para escolher os primeiros resultados entre os milhões de sites que existem na web. A primeira coisa que você precisa saber sobre Resultados nas Buscas Orgânicas é SEO.

Mas, o que é SEO? SEO são técnicas usadas para melhoras seu posicionamento nos resultados de buscas. Toda a otimização que você fizer dentro de um site é levado em conta pelo Google, então, é SEO.

Confira algumas técnicas:

  1. Sites responsivos

NO começo desse no, o Google seu algoritmo de busca e passou a favorecer os sites responsivos nos resultados das buscas.

O que é um site responsivo? Um site responsivo é um site que adapta seu layout automaticamente a qualquer tamanho de tela.

Quem já tentou abrir um site não responsivo e não mobile sabe como é horrível. Difícil de ler, de selecionar, de clicar e de entender. Pensando nisso, o Google mudou seu algoritmo a fim de proporcionar uma melhor experiência de busca para todos.

Dica: O Google desenvolveu uma ferramenta que verifica o quão responsivo é o site: https://www.google.com/webmasters/tools/mobile-friendly/?hl=pt-BR , o que facilita muito a hora de verificar o que ainda precisa melhorar.

  1. Conteúdo

Conteúdo relevante é uma ótima forma de conseguir posicionamento no Google.

Pra que colocar conteúdo no meu site? O usuário tem um problemas ou dúvida e vai pesquisar pela solução, e é aí que você aparece! Você tem o conteúdo que vai ajudar o usuário a resolver seu problema.

Como esse artigo, por exemplo. Se você achou esse artigo pelo Google, com toda a certeza não procurou por “Empresa Envision Tecnologia”, mas ainda assim você está aqui.

Dica: Quando mais conteúdo você tiver, melhor será sua posição.

  1. Palavra-chave

A hora de escolher as palavras-chave também não é moleza!

Mas o que é palavra-chave? É aquelas, ou aquelas palavras que praticamente resumem o assunto principal que você vai falar. Por exemplo, eu escrevo um artigo dando dicas de marketing para as empresas de turismo usarem na internet. As palavras-chave seriam “marketing para turismo”, ou “marketing digital para turismo”.

Escolher a palavra-chave errada pode ser mais fácil do que você imagina. Pensando nisso, o Google desenvolveu uma ferramenta que mostra a frequência de pesquisa das palavras: https://adwords.google.com/KeywordPlanner

Dica: Nem sempre a palavra mais procurada é a certa. Quantos outros sites também devem estar falando disso? A concorrência deve ser sempre levada em conta. Procure usar sinônimos quando possível.

  1. A URL

A URL também conta muito!

O que é URL? URL é o endereço de qualquer página de uma rede. Cada página tem um endereço único, e é a partir dele que você consegue acessar a página.

A URL deve ser amigável e coerente a página de destino. Por exemplo, em uma página de marketing você se depara com o site “vampira/envision/turismo/” <>não é link<>  e com “vampira/envision/jefo99u98432897saysuiy9r8300978738_90890_/”  qual delas é a mais amigável?

Dica: a URL deve ser sempre coerente, e no caso de URL’s muito extensas use um encurtador de URL, como o https://bitly.com/, por exemplo, sempre que for divulga-las.

  1. Autoridade

A autoridade do seu site também é importante para que o Google “te veja”.

O que é essa autoridade? Toda vez que outro site menciona o seu site, por qualquer motivo que seja, o Google enxerga seu site cada vez mais como autoridade. Por exemplo, o link das fontes que eu costumo colocar no final de um artigo

Dica: Voltando ao tópico 2, o conteúdo é um ótimo jeito de adquirir autoridade! Publicar conteúdo gratuito de qualidade, fará com que cada vez mais seu site seja citado como referência.

  1. Permanência dos usuários

Sim! O Google sabe quanto tempo o usuário ficou no seu site. Por quê? Se ele entrou no seu site e deu uma fuçada, ou se ele entrou e viu que não era nada do que ele estava procurando ou odiou e saiu imediatamente, o Google vai levar essa métrica em consideração.

Dica: EM média, você tem apenas 8 segundos para que o usuário goste do seu site. Aposte em um layout convidativo e de fácil compreensão. Faça com que os usuários sintam que estão no site certo.

  1. Navegabilidade

A navegabilidade está diretamente associada com o tópico 6 “Permanência dos usuários”.

O que é navegabilidade? É a qualidade de onde se está navegando. Sabe aqueles sites com zilhões de abas, links, guias, imagens gigantes, etc, etc, etc? Aqueles sites tão poluídos que dá dor de cabeça só de olhar? Tudo isso é uma navegabilidade ruim, e o Google também não gosta de “te indicar” esses sites.

A navegabilidade do site é um dos principais fatores de um site ser deixado para trás no hanking de resultados.

Dica: Na hora de construir ou editar seu site, evite lotar de link para outros destinos do site, botões diferentes mas com as mesmas funções, imagens gigantescas, entre outros, e aposte em um designe mais direto.

Gostaria de compartilhar alguma dica conosco? Escreva aqui nos comentário!

Grande abraço, e até mais.

Artigos recomendados
Showing 3 comments
  • Viviane Cruz
    Responder

    Ótima matéria.Muito esclarecedora.Parabéns!

    • Ana Karoline Sousa
      Responder

      Que bom que gostou, Viviane.
      Se você tiver alguma sugestão de tema, será muito bem vinda!
      Abraços! :)

  • Paulo Sergio São José
    Responder

    Ótima matéria obrigado

Deixe um comentário