Buyer Persona – Saiba o que é e como a ferramenta pode ajudar no crescimento da sua empresa

 Em Marketing, Relacionamento

16_11 II

Hoje vou falar um pouquinho sobre Buyer Persona, que é uma ferramenta indispensável para marketing digital.

Toda estratégia de marketing precisa ter uma base para ser criada, será que você está usando a base certa?
Confira agora tudo sobre buyer persona.

 

O que é?

A tradução que mais usamos de buyer persona é “cliente ideal”.

Buyer Persona é uma ferramenta para criar uma imagem do cliente perfeito para ajudar a empresa a desenvolver seus projetos.

Essa imagem deve ser bem detalhada! Por isso o buyer persona é diferente de um lead.

que vai ter algumas informações básicas de contato. O buyer persona vai muito além.
Você pode ter mais que um buyer persrona, mas sempre vai ter um que é o mais importante. O cliente preferido. O cliente que você quer -e vai-  fechar negócio, e gostaria que todos os outros fossem iguais a ele.

 

Para que fazer?

É indispensável para muitas atividades do marketing digital.

É a base para, por exemplo, a linguagem que você vai usar, a forma de entrar em contato, as imagens que você usa, posts de redes sociais, quais redes sociais e muitos outros!

Lembre-se que você está escrevendo para o cliente perfeito, e nem sempre ele vai ter as mesmas características e gostos que você.

Mesmo que você goste de fazer as coisas de forma X, pode não ser a melhor forma para o buyer persona.

 

Benefícios

Você não pode se focar em todos os tipo de públicos e clientes que existem, então por quê não se foca no melhor?

Quando uma buyer persona for bem elaborada, todas as suas campanhas são muito mais impactantes!

 

Como fazer?

Primeira coisa: esqueça todos os seus palpites! O buyer persona não deve jamais ser criado na base do “achismo”.
Para criar um buyer persona, você deve fazer pesquisas e estudos. Se você acha que pode criar um da noite para o dia, pode tirar o cavalinho da chuva!

Você pode fazer essas pesquisas com seus clientes atuais. A lista de perguntas é bem grande, e nem sempre você deve fazer as mesmas perguntas para seus clientes.

As perguntas devem ser relacionadas ao trabalho, hábitos de compra, conteúdo, dificuldades, objetivos, empresa, entre outras.

 

O que você faz no seu trabalho?
Qual seu objetivo profissional?

Com qual frequência você faz compras pela internet?
Quais meios você usa para se informar na internet?

Esses são apenas alguns exemplos de perguntas.

 

Mas tenha cuidado na hora de fazer as perguntas. Seu cliente pode ficar muito incomodado se for bombardeado por uma série de perguntas de repente!

 

Depois de ter as respostas para as perguntas, procure analisar os ponto em comum entre as respostas dos clientes. Quantas vezes elas se repetem nas respostas, e outras semelhanças entre os entrevistados.

 

Agora você vai estruturar e dar vida para o seu buyer persona!

Vai definir os hábitos, seus gostos, a idade, objetivos entre outros.

Nessa parte, procure se focar apenas nos dados realmente relevantes. Não perca tempo com dados inúteis, como, qual a sobremesa preferida (a menos que você seja dono de um restaurante, é claro!).

 

Procure ter o menor número possíveis de personas.
Você até pode ter vários, mas lembre se que elas são as bases para suas estratégias. Então quanto mais personas, mais gastos.

 

E você? já possui persona na sua empresa? Compartilhe conosco como faz para crir sua persona aqui nos comentários!
Grande abraço e até a próxima!

 

Fontes

http://marketingdeconteudo.com/personas/

http://www.mzclick.com.br/exemplo-buyer-persona/

http://5seleto.com.br/o-que-e-buyer-persona-por-que-criar-personas-para-empresa/

 

Artigos recomendados

Deixe um comentário