TV X YouTube: Qual gera maior retorno em sua estratégia de marketing?

 Em Marketing

Você já deve ter ouvido de alguém que o alcance e a escala da televisão são incomparáveis, não é mesmo? Essa afirmação já foi verdade, mas não para os tempos atuais. No artigo de hoje você vai entender se vale mais a pena anunciar na TV ou no Youtube!

Como ter um maior alcance de público?

Diversos profissionais de marketing planejam suas campanhas de anúncios priorizando a TV, baseando-se nos índices de audiência dos maiores veículos, gastando a maior parte do orçamento de mídia nesse canal. 

Com o passar do tempo, os canais digitais foram conquistando cada vez mais espaço com a migração dos públicos, e com isso ampliando seu alcance. Sabendo disso, é hora de reformular a sua estratégia!

Mais tarde, canais digitais são incorporados para ampliar o alcance e aumentar a frequência de exibição dos criativos. Mas com a migração dos públicos para o digital, é hora de repensar essa fórmula e sua estratégia.

TV X Canais digitais

Para a tirar a prova, A Google Media Lab  – responsável pelas estratégias de mídias de todas as campanhas publicitárias do Google – fez o teste para saber qual mídia realmente tem maior visibilidade.

Sendo assim, as campanhas foram distribuídas da seguinte maneira:

Distribuição de canais com o foco voltado para TV:

70% TV

12% YouTube

4% Vídeos

5% Facebook

7% Rádio

2% Impresso

Distribuição de canais com foco voltado para mídias digitais

37% Youtube;

12% Videos;

37% Facebook;

5% TV;

7% Rádio;

2% Impresso

No testes realizados, a conclusão foi que os vídeos podem gerar um alcance tão bom quanto a TV, levando em conta o mesmo período de anúncio e resultados semelhantes.

Além disso, foi realizado um novo teste no fim do ano passado, período de metas elevadas, onde na estratégia do lançamento de um novo produto, foram comparadas o desempenho no alcance de vídeos digitais com o da televisão.

Nas duas primeiras semanas, os anúncios foram exibidos em redes nacionais de TV, permanecendo ocultos no Youtube. Nas semanas seguintes, os anúncios no Youtube foram liberados. Em am ambos os canais, o público-alvo foi segmentado para adultos de 18 a 49 anos.

Como resultado, o alcance do público em relação aos anúncios do Youtube foi de 36% maior do que na TV. Além do mais, o Youtube conseguiu uma audiência em média, de 5 anos mais jovem. 

 

E aí, você já focou sua estratégia em anúncios do YouTube?

Por hoje vou ficando por aqui.
Deixe sua opinião nos comentários.
Abraços e até a próxima. :)

 

Fonte: https://www.thinkwithgoogle.com/intl/pt-br/tendencias-de-consumo/por-dentro-do-marketing-do-google-o-que-aprendemos-com-uma-estrategia-digital-first/

Artigos recomendados

Deixe um comentário