Você sabe o que é presenteísmo?

 Em Marketing


Você sabe o que é presenteísmo? No artigo de hoje você vai entender o que e como evitar que aconteça em sua empresa, impedindo que haja queda na produtividade de seus colaboradores!

O que é?

Sabe quando um funcionário insiste em trabalhar mesmo estando doente, indisposto e até mesmo com atestado médico? Essa situação é nomeada presenteísmo, e desde 2018 ela tem sido cada vez mais comum em diversas empresas. 

Isso além de piorar a qualidade de vida do colaborador (e até mesmo agravar doenças), irá também resultar em uma drástica queda no desempenho, o que também acarreta em prejuízos financeiros a empresa.

Principais motivos

Os principais motivos que levam um funcionário a ter esse é comportamento são:

  • Medo de perder o emprego;
  • Desvalorização no trabalho;
  • Receio de conversar com seus superiores a respeito de problemas de saúde;
  • Negligenciar seu estado de saúde.

Como evitar em sua empresa?

Algumas maneiras de evitar o presenteísmo em sua empresa de turismo são:

  • Comunicação interna: é essencial que os gestores saibam se seus funcionários possuem alguma doença crônica para reconhecer os sintomas mais facilmente. Além disso, criar um material, como uma mini cartilha explicando o que é presenteísmo, indicando também situações onde é preferível que o funcionário não compareça ao trabalho. 
  • Atividades focadas em saúde e bem-estar: essa dica já é utilizada por algumas empresas. Dentre algumas opções, estão oferecer aulas de meditação, palestras sobre como ter uma alimentação saudável, além de ter um ambiente onde seus funcionários podem relaxar e recuperar o pique.
  • Cuidado com a sobrecarga de trabalho: além disso, prazos apertados e falta de organização nos processos da empresa podem causar forte estresse em seus funcionários, o que em um curto prazo pode evoluir para depressão e síndrome de burnout.

Por hoje vou ficando por aqui!

Deixe sua opinião nos comentários!

Abraços e até a próxima! :)

Fonte: https://blog.runrun.it/presenteismo/

Artigos recomendados

Deixe um comentário