Como a psicologia das cores pode ajudar no seu e-commerce

 Em Agência de Viagens, Marketing, Relacionamento

14_12 II

Você já deve ter ouvido falar sobre Psicologia das Cores, mas você sabe de fato o que é e como ela funciona?

A Psicologia das Cores é um estudo que mostra como os consumidores são influenciados diretamente na hora da escolha de um produto/serviço pela cor! Além disso, cada cor “comunica“ com uma parte específica do cérebro, que interpreta aquela tonalidade de uma maneira. Sendo assim, para empresa X o azul seria perfeito por representar confiança e tranquilidade, por exemplo, mas para a empresa Y que pertence a um segmento diferente a mesma cor não seria funcional.

Influência das cores

 

Segundo pesquisas realizadas com consumidores, foi constatado que:

– As cores influenciam na confiança do consumidor, além de aumentar em 80% o reconhecimento da marca.

–  A cor é responsável por chamar a atenção do cliente em um produto que ele não conhece.

– 80% das pessoas que simpatizam com uma determinada marca e lembram dela somente quando a mesma possui as cores da sua preferência.

– 93% dos consumidores avaliam os aspectos visuais do produto.

 

Cores e Call to Actions

Já falamos sobre a importância de usar os famosos botões Call To Action, você pode ler mais aqui . Mas você sabe qual cor é mais indicada para cada ação? Segue uma listinha das cores mais usadas e em que ações elas são funcionais:

– Amarelo: usada para chamar atenção para uma oferta e também para avisos.

– Vermelho: utilizada em ações estimulantes como promoções. Cria um senso de urgência e atraem compradores compulsivos.

– Laranja: utilizada normalmente para inscrições, compras e vendas. Também é usada para chamar atenção e atrair compradores compulsivos.

– Verde: utilizada em ações de cooperação e adaptação. Normalmente é usada para promover questões ambientais ou relacionadas a saúde.

– Preto: usado para venda de artigos com alto valor agregado. Passa um ar de seriedade se usado com bom senso.

– Azul: usado quando se deseja inspirar confiança. Normalmente usada em negócios corporativos.

 

As cores e o cérebro

Segundo a Psicologia das Cores, cada cor causa um impacto diferente por comunicar diretamente com uma parte específica do cérebro, onde é feita a interpretação da cor. Sabendo dessa informação, muitas empresas escolhem as cores que serão utilizadas no logo e em todo site, ou até mesmo em lojas físicas de acordo com o que querem transmitir para o cliente. Segue abaixo as cores, qual parte do cérebro cada uma comunica e o que irá transmitir ao consumidor. Confira:

 

– Amarelo e laranja

Parte do cérebro: sistema dopaminérgico

A cores amarelo e laranja incitam entusiasmo, alegria, energia, alerta, otimismo e esperança.

– Azul

Parte do cérebro: córtex pré-frontal

O azul escuro é associado com poder, enquanto tons mais claros são relacionados produtividade, frescor, higiene, tranquilidade, sucesso, segurança e confiança.

– Branco

Parte do cérebro: córtex esquerdo

A cor branca transmite pureza e paz. Traz a ideia de calma e tranquilidade.

– Marrom

Parte do cérebro: sistema límbico

O marrom inspira estabilidade, conservadorismo, melancolia e pensamento.

– Preto

Parte do cérebro: amígdala

A cor preta instiga mistério, curiosidade, luxo, nobreza e luto.

– Rosa

Parte do cérebro: área tegmental ventral

A cor rosa sugere inocência, pureza, feminilidade, delicadeza e afeição.

– Roxo

Parte do cérebro: polo frontal

O roxo é instiga fantasia, mistério, espiritualidade e misticismo.

– Verde

Parte do cérebro: córtex pré-frontal

A cor verde é associada com tranquilidade, saúde, fertilidade, equilíbrio e harmonia.

– Vermelho

Parte do cérebro: amígdala e núcleo accubens

O vermelho transmite emoção, vitalidade, impulso, sexualidade, atenção e intensidade.

 

 

E você, utiliza a Psicologia das Cores no seu E-commerce? Deixe sua opinião nos comentários!

Abraços e até a próxima. :)

 

Fontes: https://estudandomkt.wordpress.com/2010/10/05/o-efeito-das-cores-no-cerebro-humano-pensando-no-neuromarketing/

http://viverdeblog.com/psicologia-das-cores/

Artigos recomendados

Deixe um comentário